Mostra Sesc de Culturas movimenta o Sertão Central do Ceará

Após quatro dias intensos de programação cultural, de 25 a 28 de julho, a primeira Mostra Sesc de Culturas do Sertão Central movimentou ruas e espaços das cidades de Quixadá, Quixeramobim, Ibaretama e Senador Pompeu. O show de encerramento foi marcado pelo encontro inédito de dois importantes nomes da música brasileira – o cantor baiano, Moraes Moreira, e o compositor cearense, Fausto Nilo, que subiram ao palco para apresentar o espetáculo “Corações Democratas”.

Cantando na sua terra natal, Quixeramobim, em praça pública, Fausto Nilo, emocionado, também emocionou o público que acompanhou em coro todas as canções da dupla desde “Casa tudo azul” a “Chão da Praça”.

O sertão respirou arte e pulsou ainda mais vibrante. No total, foram mais de 40 mil espectadores em 65 ações gratuitas, envolvendo 305 artistas, mestres, escritores, brincantes e agentes culturais. O evento ativou 19 espaços públicos e equipamentos culturais com apresentações de música, artes cênicas, literatura, tradição, audiovisual, artes visuais e ações formativas.

Caminho pelo legado das artes

Desde o cortejo de grupos tradicionais cearenses, abrindo a programação em Quixadá e Quixeramobim, a população começou a se aproximar da energia que a Mostra Sesc de Culturas leva por onde passa. As artes cênicas levantaram temáticas e reflexões por meio de comédias e intervenções com críticas sociais sobre reciclagem e relações humanas. O intercâmbio de saberes entre grupos e artistas locais, nacionais e público rendeu discussões e aprendizagens nos Papos Criativos e nas apresentações musicais como, por exemplo, no cordel e repente, com cantorias tradicionais que envolveram a plateia em boas risadas.

Na literatura foi possível fazer um passeio pelo poético, fantástico e biográfico, por exemplo, com sarau, mesas redondas e lançamento de livros, impulsionando a arte criativa das letras. Quixadá tem como filha ilustre a escritora Rachel de Queiroz, que escolheu a cidade como terra natal, e um dos momentos marcantes foi a visita à Fazenda Não Me Deixes, local onde a autora passou fases de sua vida. Legado, memória e novas perspectivas se uniram durante os quatro dias, construindo novos caminhos para as artes na região.

De acordo com o gerente de Cultura do Sesc Ceará, Chagas Sales, a realização da primeira Mostra na região provou que é possível fomentar ações potentes no campo da cultura, principalmente com o apoio de parceiros. “As fricções de ideias criativas gerarão, sem sombra de dúvida, desdobramentos de ações e, possivelmente, numa próxima edição, nós teremos um potencial ainda maior de resultados”, relata.

Consolidada como um dos maiores encontros culturais do País, a Mostra Sesc de Culturas tem uma trajetória de 20 anos de experiência adquirida na região do Cariri. A expansão para o Sertão Central promoveu a valorização da riqueza artística e histórica da região, dialogando com outros saberes, ofícios e personagens de diferentes cidades.

O presidente do Sistema Fecomércio, Maurício Filizola, destacou a importância das parcerias e da expectativa de ampliação da Mostra no Sertão Central. “No Cariri, começamos apenas no Crato e, ano passado, estivemos em 26 municípios. Esperamos também que a Mostra se espalhe aqui no Sertão Central, iniciando com quatro cidades e se multiplicando”.

Mostra Sesc de Culturas

 A cultura sempre figurou entre os principais pilares da atuação do Sesc – Serviço Social do Comércio a partir de ações de fomento e de promoção de acesso às artes. Enfatizando essa proposta, o Sesc CE realiza a Mostra Sesc de Culturas, programa de intercâmbio, estímulo e difusão cultural que reúne artistas, pesquisadores e público – do Ceará e de outros estados – em torno de apresentações, ações de formação e outras atividades.

Notícias recentes
Uma nova história começou a ser escrita no Sertão Central. Com um público de cerca de 20 mil pessoas, cantando a uma só voz a música “Dias Melhores”, a banda...
A cultura sempre figurou entre os principais pilares da atuação do Sesc – Serviço Social do Comércio a partir de ações de fomento e de promoção de acesso às artes. Baseado nessa proposta, o Sesc CE realiza a Mostra...
Herança cultural cantada em verso e prosa típicos do nordeste brasileiro, a cantoria dos repentistas carrega em seus poemas a memória popular e a arte do improviso. O Ceará é...